close localize

seu pedido

acesso de lojistas
close localize

seu pedido

Pedido Descritivo Implantação Status

Pedido


* A data informada poderá sofrer alterações.

localize
seu pedido
Embora a estratégia mais comum seja apostar em tons neutros para decorar a cozinha, não existem restrições quanto ao uso de cores e estilos nesse ambiente. Como em qualquer outro cômodo da casa, a escolha das cores deve ser norteada pelo resultado final q
10.01.2020

Como escolher as cores para a cozinha?

Embora a estratégia mais comum seja apostar em tons neutros para decorar a cozinha, não existem restrições quanto ao uso de cores e estilos nesse ambiente. Como em qualquer outro cômodo da casa, a escolha das cores deve ser norteada pelo resultado final que se deseja alcançar. Se o espaço disponível for muito pequeno, por exemplo, o ideal é que se escolham tons claros para criar a sensação de amplitude. Mas isso não significa que a cozinha deverá ser branca. Pelo contrário: existe uma infinidade de tons e revestimentos que podem satisfazer a necessidade de uma cozinha mais clean sem que se abra mão da personalização e da individualidade que tanto nos cativam durante o processo de decoração.

 

 

Se a sua cozinha for ampla, então as possibilidades são maiores. Você pode aplicar cores fortes em uma das paredes para quebrar a linearidade de cozinhas muito compridas, ou pode revestir/pintar duas paredes opostas com cores mais vibrantes para alongar espaços muito quadrados. Independentemente do efeito que se espera alcançar, é preciso ter cuidado para não criar uma atmosfera muito pesada e desarmônica. Exatamente por isso há quem prefira aplicar cores vivas nos móveis e eletrodomésticos ao invés de utilizá-las nas paredes e armários, pois também é possível alcançar resultados satisfatórios desta maneira.

 

 

Revestimentos coloridos, azulejos, ladrilhos hidráulicos e peças geometrizadas podem fazer toda a diferença, agregando mais cor e dinamismo à cozinha. Lembre-se de empregá-los com cautela, sem exageros que possam resultar em poluição visual. Use este tipo de revestimento para compor detalhes que quebram a rigidez do ambiente, aplicando-os no espaço entre a bancada da pia e os armários superiores, por exemplo. Outro lugar que pede um revestimento especial é a parede que fica abaixo das bancadas em ilha. Use e abuse da criatividade quando for revestir trechos residuais de parede como estes.

Os armários abrigam em si grande potencial decorativo. Considere combinar diferentes tonalidades de madeira ou MDF para compor estes móveis, de modo a alcançar resultados diferenciados. É possível escolher um tom para as prateleiras e faces expostas e um outro tom somente para as portas, ampliando seu leque de opções. Há quem prefira utilizar um padrão de cor para os armários inferiores e outro para os armários superiores, atentando-se sempre para a harmonia do conjunto. Tenha em mente que os tons vibrantes podem resultar em produtos incríveis quando bem aplicados.

 

 

Se você prefere uma composição mais discreta, pode se utilizar de frutas e legumes expostos como parte da decoração, criando pontos de contraste por meio das cores vibrantes que estes vegetais proporcionam. Embora plantas não sejam recomendadas, pequenos vasos de ervas podem garantir a presença marcante do verde na sua cozinha. Seja como for, procure fazer bom uso das cores e até mesmo ousar na hora de decorar este espaço. Cozinhas mais vivas podem ser muito mais instigantes e convidativas que aquelas monótonas, justamente por oferecer um ambiente dinâmico e visualmente rico. Na dúvida, procure um profissional especializado para explorar todo o potencial que as cores tem a oferecer.

 

Rua Manoel Stefenon 451, pav. 3
Tamandaré - Garibaldi - RS - 54 3464.7294

youtube instagram facebook
Triacca Design Digital